quinta-feira, 20 de agosto de 2015

MENSAGEM DO DIA DO MAÇOM

Meus caros Irmãos:
Nesta data, dedicada ao Maçom Brasileiro, por reverência à partida para o Oriente Eterno do ex Grão-Mestre Ticiano Duarte, o GOIERN optou por não comemorá-la festivamente, como sói acontecer em anos anteriores, mas por transmitir aos Irmãos o chamamento à reflexão de todos e de cada um sobre as nossas obrigações quando da nossa iniciação na Ordem Maçônica.
Naquela ocasião, assumimos o compromisso solene da crença no Grande Arquiteto do Universo; de amar e defender a Pátria, como cidadãos que somos; de preservar a Família; de termos comportamento social e profissional sob a égide da ética e da moral; e de buscarmos a nossa perfeição interior através do estudo e da busca incessante da verdade. 
Temos tido a preocupação de promover a formação do Maçom para que, dentro e fora das nossas Lojas, seja ele exemplo no meio social em que vive, pela retidão de suas ações, seja no campo social, seja na atividade profissional onde atue, influenciando, no seio dos segmentos comunitários onde está inserido e em relação aos quais a Maçonaria tem responsabilidades, na busca das melhorias na condição de vida das pessoas e do funcionamento das instituições.
A História retrata as ações encetadas por eméritos maçons brasileiros e que redundaram em significativas transformações ocorridas no País ao longo de sua existência, seja quando Império, seja quando República. Lamentavelmente, estamos vivenciando um momento de forte crise política e administrativa, onde a cada dia surgem, em todos os níveis da administração pública e da iniciativa privada, a terrível presença da corrupção, marca que desonra a Nação Brasileira perante os outros países do mundo.
O Maçom não pode estar alheio a esses nefastos acontecimentos. Ao contrário, estando sempre atento e vigilante sobre o que se passa ao seu redor, tem o dever de contribuir, de forma serena e eficaz, apresentando sugestões e participando ativamente dos processos que visem ao restabelecimento da normalidade e da paz social.
O momento atual nos sugere compartilhar com aqueles com os quais convivemos a construção de uma Pátria mais digna, a começar, por óbvio, pela forma de escolha dos nossos dirigentes, em todos os níveis: Presidência da República, Senado, Câmara Federal, Governadores, Deputados Estaduais, Prefeitos e Vereadores, para isso se arregimentando com vistas à proposição, por iniciativa popular – já que os políticos não assumem esse compromisso - de reforma no sistema de eleições em todos esses níveis de governo e de gestão da coisa pública, de modo que todos que demonstrarem capacidade e se mostrarem como referência dos bons princípios humanos, tenham as mesmas condições de competir, sem a interferência do poder econômico no processo eleitoral, aos cargos eletivos, transparecendo sempre os sólidos fundamentos da ética e da moral; pela edição de leis mais severas no ferrenho combate à corrupção; pelo melhor aparelhamento dos órgãos de fiscalização e de repressão à sonegação fiscal; pela aprovação da lei de responsabilidade educacional, cujo projeto se arrasta nos bastidores do Congresso Nacional; dentre outras ações não menos nobres.
Com certeza iniciativas desse jaez produzirão os frutos almejados: a melhoria das condições de vida da população, a volta do pleno emprego, a recuperação econômico-financeira do País e o seu crescimento.
Precisamos assumir esse compromisso com o Brasil, e este momento é assaz propício para isto.
Orgulhemo-nos por fazer parte dessa Instituição para a qual fomos escolhidos dentre tantos que nos cercam, e para assumir a relevante missão de trabalhar em prol da Humanidade, em continuidade ao labor daqueles que ao longo da História fizeram a sua parte, e os quais ora reverenciamos.
Parabéns a todos os Maçons espalhados pela face da terra, independentemente da Potência à qual estão subordinados, por este dia de hoje. Somos todos Irmãos.

Natal (RN), em 20 de agosto de 2015.

Antônio de Brito Dantas
Gão-Mestre do GOIERN

Nenhum comentário:

Postar um comentário